Reparos a quente em correias transportadoras

As correias transportadoras são elementos de extrema importância em diversos processos industriais. Essa importância torna, em muitos casos, inviável o transporte da correia para uma oficina na necessidade de reparos. Dessa forma existem profissionais especializados para a manutenção das correias transportadoras in loco. Esses processos de reparo se dividem em dois tipos: quente e frio.

Reparação a Quente

Os materiais utilizados para o reparo de correias transportadoras a quente variam em função dos fabricantes, mas geralmente incluem: Borracha de ligação, não vulcanizada, em rolos com 5 ou 10 kg, com 500 mm de largura e 0,8-1,0 mm de espessura; Diversos tipos de borracha de revestimento, não vulcanizada, em rolos com 5 ou 10 kg, com 500 mm de largura e espessura variável (geralmente entre 2 e 6 mm);

Também incluem Telas de diversos tipos, calandradas com borracha de ligação, em rolos com 10 metros de comprimentos e 1000 mm de largura, com espessuras variáveis entre 0,8 e 1,5 mm; Borracha de ligação, fornecida em rolos com 10 metros de comprimento, largura de 25 mm e com a espessura de 1,5 a 2,5 mm; Composto vulcanizável a quente, fornecido em cordão, para aplicação com extrusoras portáteis; Colas vulcanizáveis a quente, de diversos tipos (adequadas aos tipos de materiais a utilizar); Fluidos de limpeza.

Entre em contato com a Bormax e conheça mais sobre nossa linha de correias transportadoras.

Compartilhe este conteúdo
|

Voltar

Leia outras notícias

Saiba como REDUZIR SEU CONSUMO de energia elétrica

Clique aqui e saiba mais

Parceiros

Assine nossa newsletter

A Bormax apoia
as obras do GRAACC

A Bormax é
Top Five