ROLAMENTOS

O rolamento é um dispositivo utilizado nos maquinários para permitir o movimento relativo controlado entre duas ou mais partes, substituindo a fricção de deslizamento entre as superfícies do eixo e da chumadeira por uma fricção de roladura. Os corpos rolantes são caracterizados como bolas, rodízios e principalmente os anéis, pois estes constituem os trilhos de roladura e a caixa interposta entre os anéis. Todos os elementos dos rolamentos industriais são de aço combinado com crómio e as suas dimensões estão submetidas a um sistema normativo.

A Bormax tem parceria com a Nachi, empresa multinacional japonesa que atua no mercado desde1928, produzindo rolamentos de excelente desempenho desenvolvidos em processo altamente tecnológico e inovador. 

A Bormax fornece diversos tipos de rolamentosNachi e conheceremos cada um deles a seguir:

Rolamentos de Precisão


Rolamentos de precisão 

De modo geral, esses Rolamentos de precisão são classificados como aqueles que suportam carga radial e que cargas axiais.

1. Rolamentos de Precisão de Esferas de Contato Angular para Alta Velocidade S

Os rolamentos de precisão de Esferas de Contato Angular para Alta Velocidade S foram projetados com esferas menores do que os Rolamentos de Esfera de Contato Angular Tipo C, sendo assim, adequados para uso em altas velocidades, com menor geração de calor e são utilizados em eixos principais de alta velocidade de máquinas de usinagem.

 2. Rolamentos de Precisão Axiais de Esferas de Contato Angular de Escora Dupla 

Trata-se de um rolamento de duas carreiras com uma única gaiola. O conjunto de esferas é montado como um par de Rolamentos de precisão de Esferas de Contato Angular de disposição costa a costa, com um ângulo de contato amplo. 

Tolerância

O anel externo desses rolamentos de precisão é fabricado com uma tolerância negativa para um encaixe com folga no alojamento, isso possibilita ao rolamento radial associado receber uma carga radial.

3. Combinação de Rolamentos de precisão de Esferas de Contato Angular dos Tipos TAH10, TBH10

O diâmetro das esferas e sua quantidade são iguais ao dos Rolamentos de precisão Axiais de Esferas de Contato Angular do tipo TAD20, sendo o ângulo de contato 30° para o tipo TAH10 e 40° para o TBH10.

Essa combinação derolamentosé apropriada para alta velocidade e a sua largura 2B na Combinação Duplex dos tipos DB ou DF é a mesma da largura B1 do tipo TAD20. O tipo TAD20 é intercambiável com o tipo TAH10 ou TBH10 pela troca do método de montagem ao eixo.

Tolerância do diâmetro externo

O diâmetro externo do anel externo é fabricado com uma tolerância especial para encaixe folgado no alojamento, possibilitando ao rolamento radial associado receber uma carga radial, como o tipo TAD20.

4. Rolamentos de precisão para Suporte de Fusos de Esferas Tipo TAB

Este é um rolamento de precisão e alta capacidade, usado para suportes de fusos de esferas, que são utilizadas como atuadores de máquinas de alta precisão e alta velocidade, equipamentos de medição de precisão, robôs, etc.

Características

 (1) Alta robustez

Esses rolamentos são projetados com gaiolas de poliamida e um número maior de esferas, em comparação aos Rolamentos de precisão de Esferas de Contato Angular convencionais. Por essa razão, a robustez do rolamento é maior que dos rolamentos convencionais.

(2) Facilidade de encaixe e ajuste

Esses rolamentos são possuem pré-carga pré ajustada, por isso os ajustes difíceis e o controle de folga são eliminados.

(3) Rolamento de conjunto estrutural simplificado 

Estes rolamentos de precisão tem ângulo de contato de 60°, portanto suportam combinações de carga radial e axial. Isto resulta em um formato de eixo e alojamento simplificado e compacto.

(4) Disponível com vedação

As vedações são proporcionadas em ambos os tipos: de contato e sem contato, sendo possível escolher o tipo que se adapta a aplicação.

5.  Rolamentos de precisão para uso em Mesa Giratória

Este tipo de rolamento é projetado com dois anéis internos e um anel externo. Os elementos rolantes (rolos cônicos) são montados com suas superfícies fazendo contato com as pistas dos anéis em um plano alternado.

Características

(1) Este tipo pode receber carga radial, carga de momento de tombamento e carga axial em ambos os sentidos.

(2) A alteração dimensional devido a incremento de temperatura não afeta esse tipo de rolamento. A pré-carga é mantida acima de toda a faixa de temperatura de trabalho.

(3) Peso leve, compacto, fácil de montar.

Aplicações

(1) Mesa giratória de centros de usinagem ou retificadoras verticais.

(2) Eixo principal de tornos ou retificadoras.

(3) Os mecanismos indicadores de fresadoras ou furadeiras de grande porte.

(4) Mecanismos giratórios de antena parabólica.

Rolamentos Industriais Fixos de Esferas

Muito versátil, o Rolamento Fixo de Esferas de uma Carreira é considerado o tipo mais comum dentre todos osrolamentos. Os Rolamentos industriais Fixos de Esferas NACHI possuem uma ampla variedade de séries definidas a partir de normas dimensionais, como o ISO e JIS. Os Rolamentos Fixos de Esferas NACHI, são fabricados seguindo as normas de precisão (ISO grau 0 e ABEC grau 1), como também em graus superiores de precisão.

Atenção

(1) Os Rolamentos industriais Fixos de Esferas são preparados para receber carga radial, axial, ou composta. No entanto, quando for aplicar uma carga axial excessiva, solicitamos consultar a Bormax.

(2) Mesmo os rolamentossendo vedados ou blindados, eles são projetados para aplicações com giro do anel interno e a graxa aplicada pode vazar quando forem usados na condição de giro de anel externo em alta velocidade. Em tal caso, solicitamos consultar a Bormax.

(3) Quando forem utilizados rolamentos industriais com vedação de borracha com contato em uma condição severa de trabalho, como por exemplo, o trabalho submetido a alta velocidade ou alta temperatura, a graxa aplicada pode vazar. Em tal caso, é necessária uma modificação no projeto ou a aplicação de um outro tipo de graxa.

(4) Se o rolamento estiver montado sobre um eixo, a força deve ser aplicada somente na face lateral do anel interno (e no anel externo para montar no alojamento).

(5) É importante que os rolamentos industriais vedados ou blindados não sejam lavados ou aquecidos antes da montagem.

(6) É preciso se certificar de que não há erros na montagem, como desalinhamento entre os anéis do rolamento, pois eles podem provocar um considerável aumento no nível de ruído.

(7) Para evitar escorregamento entre esferas e as pistas, os rolamentos devem ser sempre submetidos a uma carga mínima.


Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular

Os Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular podem suportar cargas combinadas, caracterizada pela ação simultânea das cargas radial e axial, porque têm um ângulo de contato.

O ângulo de contato, no entanto, é definido como o ângulo entre a linha que liga os pontos de contato da esfera com as pistas em um plano radial.


1. Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular de Uma Carreira

Os Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular de Uma Carreira são projetados com três classes de ângulo de contato. Geralmente, os modelos com ângulo de contato A e B são equipados com a gaiola. No entanto, osrolamentos das classes de alta precisão (classe 5 ou superior, ISO/JIS), podem ser fabricados com gaiola usinada de bronze, poliamida ou resina fenólica. O modelo com ângulo de contato C é usado em alta precisão, classe 5 ISO (JIS) ou superior, além de serem fabricados com gaiola usinada de poliamida ou resina fenólica.

2. Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular Combinados

Raramente os Rolamentos industriaisde Esferas de Contato Angular de Uma Carreira são usados sozinhos, pois, normalmente, são usados como um conjunto combinado de dois ou mais rolamentos. 

As combinações de pares de Rolamentos de Esferas de Contato Angular de Uma Carreira de Alta Precisão (caracterizados como classe 5 ISO/JIS ou superior) são aplicadas como eixos de máquinas ferramentas, geralmente usados com pré-carga. 

Estão disponíveis em três tipos de combinações:

1) DB, costa a costa

2) DF, face a face

3) DT, tandem (em fila)

A folga interna dos rolamentos industriais do conjunto combinado é ajustada antes da remessa ao cliente, por isso deve-se tomar o cuidado de evitar a mistura de componentes de outros conjuntos.

3. Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular de Duas Carreiras

Esse tipo de rolamento é fabricado em duas classes de ângulo de contato, selecionados de acordo com a sustentação de carga axial e carga de momento. Também são utilizadas gaiolas estampadas de aço. 

Os Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular de Duas Carreiras estão disponíveis com vedação com contato (2NS) ou blindagens (ZZ).

Combinações ajustadas para Disposição Universal (“Flush Ground”)

Os Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular com sufixo U, fornecidos pela Bormax estão ajustados para permitir o uso em qualquer combinação de rolamentos.

Limites de Velocidade

Os limites de velocidade podem ser atingidos quando uma graxa de alta qualidade, ou óleo, é aplicado na quantidade adequada, sob condição de carga leve. Quando Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular são usados em conjuntos combinados de duas ou mais peças, ou com pré-carga pesada para melhorar a rigidez, o limite de velocidade deve ser diminuído. 

Os limites de velocidade dos rolamentossão definidos a partir de características próprias do produto e suas combinações, por isso, para consultar o limite de velocidade de um tipo de rolamento ou combinação, entre em contato com a Bormax.

 Atenção

(1) Quando os rolamentos forem utilizados sob condições severas, como por exemplo, próximos aos limites de velocidade, alta temperatura, ou carga vibratória, solicitamos consultar a Bormax.

(2) A temperatura ideal para a utilização dos rolamentos com gaiola de poliamida é abaixo de 120 °C.

(3) As combinações de Rolamentos industriais de Esferas de Contato Angular não devem ser aplicadas com outrosrolamentos.

(4) Quando for necessário a aplicação de combinação de rolamentos com uma pré-carga opcional, solicitamos consultar a Bormax.

Rolamentos industriais Autocompensadores de Esferas

Os Rolamentos industriais Autocompensadores de Esferas são aplicados especialmente onde ocorre desalinhamento gerado por erros na montagem ou flexões do eixo.

Gaiola

Os rolamentos industriais são montados com gaiola estampada de aço ou gaiola de poliamida.

Na embalagem, o sufixo G do código do rolamento indica que a gaiola é de poliamida.

Atenção

(1) O ângulo θ de desalinhamento máximo admissível é em torno de 2,5° nas séries 12 e 22. Nas séries 13 e 23, o ângulo 3° define os rolamentos como em condições normais de uso. 

É preciso ter o cuidado de proporcionar folga suficiente entre o rolamento e a estrutura adjacente quando o rolamento estiver em condição de desalinhamento máximo.

(2) À medida que a velocidade aumenta, os Rolamentos industriais desalinhados tendem a a emitir ruídos. Devido à restrição de nível de ruído, na prática o desalinhamento máximo deve ser significativamente menor que o limite máximo.

(3) É difícil medir corretamente a folga de trabalho em rolamentoscom furo cônico após a montagem. Sendo assim, a montagem desse tipo de rolamento, com furos cônicos, exige certa experiência e técnica. Solicite a Bormax para a montagem correta dos rolamentos industriais.

(4) Os rolamentos com gaiola de poliamida devem ser usados em temperatura de operação abaixo de 120 °C.

Montagem de rolamentos com furo cônico

A montagem correta dos rolamentos industriais com furo cônico requer experiência e técnica. Os rolamentos com furos cônicos são sempre montados com um encaixe de interferência no eixo e para medir essa interferência com o eixo, pode ser utilizado o deslocamento axial do anel interno ou a reduzir a folga radial interna, devido ao encaixe de interferência. Normalmente, a medição da redução da folga radial interna é um método mais confiável do que a medição do deslocamento axial do anel interno.

Rolamentos industriais de Rolos Cilíndricos

Os Rolamentos industriais de Rolos Cilíndricos são produzidos pela Nachi em uma grande variedade de projetos e configurações.

Os rolamentos de Rolos Cilíndricos de modelo convencional estão disponíveis em 10 formatos diferentes, sendo que as execuções N, NU, NN, e NNU, não suportarão carga axial. Estas execuções devem ser usados como rolamentos industriais de lado móvel.

As execuções NF, NJ, NUH, são projetados com capacidade de recebimento de carga axial em um sentido. As execuções NUH são basicamente um rolamento NU com o acréscimo de um anel guia (um anel “L”). Os dados dimensionais do NUH são os mesmos de execuções NH. Entretanto, as execuções NF, NJ, e NUH, podem receber carga axial em um sentido, enquanto as execuções NH, NP, e NUP, têm capacidade de receber carga axial em ambos os sentidos.

Rolamentos industriais Intercambiáveis

O rolamento de rolo cilíndrico intercambiável possibilita que um anel separável possa ser substituído por um outro anel com o mesmo número de rolamento, sem que haja prejuízos a funcionabilidade do mesmo.

Folga radial interna

A Folga radial interna inicial do rolamento deve ser determinada para uma operação otimizada do rolamento.

O procedimento a seguir deve ser observado para determinar a folga radial interna inicial apropriado:

(a) Posicione verticalmente o rolamento e deixe as faces interna/externa do anel em paralelo.

(b) Deixe os polegares sobre o anel interno e oscile o anel interno duas ou três vezes, pressionando-o com firmeza.  Isto corrige a posição do anel interno e dos rolos.

(c) Posicione as montagens de rolo individuais de modo que o rolo esteja no topo do anel interno – em ambos os lados do rolamento.

(d) Pressione os dois rolos para dentro para assegurar o contato com o anel-guia central, assim como com a pista do anel interno.

(e) Com os rolos em posições corretas, insira um fino medidor de espessura entre os rolos e a pista. Atenção: é importante não rolar o rolamento. 

(f) Mova-o com bastante cuidado sobre o rolo superior, entre o rolo e a pista externa.

(g) Repita este procedimento, utilizando progressivamente medidores de espessuras mais grossas, até encontrar um medidor que não o atravesse.

(h) A espessura do medidor que precedeu o medidor que “não atravessou” é a do folga radial interna.


Compartilhe este conteúdo
|

Saiba como REDUZIR SEU CONSUMO de energia elétrica

Clique aqui e saiba mais

Parceiros

Assine nossa newsletter

A Bormax apoia
as obras do GRAACC

A Bormax é
Top Five